Share |
25/03/2017

MIT cria ferramenta que mostra quais são as cidades mais verdes do mundo


EcoGuia

O Massachusetts Institute of Technology, em parceria como o Fórum Econômico Mundial, criou uma ferramenta para avaliar o quão verdes são algumas das maiores cidades do mundo. A ferramenta, conhecida como Treepedia, usa dados do Google Street View para calcular a densidade de árvores de grandes cidades.

A ferramenta mostra diversos pontos verdes que representam as árvores da cidade. Ao clicar em um ponto o usuário vê as imagens e pode pedir por mais plantações onde ele vive. A imagem ao lado, por exemplo, mostra as áreas verdes em Nova York.

Junto com o site, os engenheiros criaram uma métrica chamada “Green View Index”, que mensura a proporção de árvores em relação à densidade populacional. Os desenvolvedores explicam ainda que eles optaram por utilizar imagens do Street View, não de satélite, para levar em conta a perspectiva dos pedestres.

“Enquanto algumas cidades aquecem, sofrem com maior uma frequência de chuvas e com o aumento da poluição de ar, o bem-estar de nossas árvores urbanas nunca foi tão importante”, comenta Carlo Ratti, diretor do Senseable City Lab, o órgão do MIT que fez o levantamento. Ele atenta para a importância de usar a ferramenta na conscientização. “Apresentamos o índice para comparar cidades umas com as outras, encorajando autoridades locais e comunidades a agirem para proteger e promover uma maior cobertura verde”, comenta.

A ferramenta tem seus limites. Por contar com dados do Google Street View, ela não tem as informações por onde o carro do Google não passou. Além disso, seu ritmo de atualização é o mesmo do Street View, o que significa que os dados podem estar alguns anos defasados. Ainda assim é uma boa referência para ver como se dá a distribuição de verde nas cidades. Em Nova York, por exemplo, é possível ver como alguns bairros do subúrbio são carentes de árvores (os pontos marrons são onde não há plantas).

Ao todo, a plataforma leva em conta os dados de 17 cidades. A campeã é Singapura, com índice verde de 29,3%; seguida por Sidney e Vancouver, empatadas com 25,9%; Sacramento (EUA), com 23,6%; e Frankfurt, com 21,5%. As piores, por sua vez, são Paris, com 8,8%; Londres, com 12,7%; e Nova York, com 13,5%.

Clique aqui para acessar o Treepedia!