Share |
24/06/2017

Assinado convênio para implantação da coleta seletiva em Fernando de Noronha


G1

Neste mês de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Administração de Fernando de Noronha e a Fundação Banco do Brasil assinaram um convênio para viabilizar o projeto " Jogue Limpo com Noronha – Coleta Seletiva e Compostagem". O projeto está orçado em R$ 241 mil, a Fundação vai investir R$ 218 mil e a Administração da ilha arcará com R$ 23 mil de contrapartida.

O convênio foi assinato pelo administrador, Luís Eduardo Antunes, e representantes da Fundação no escritório de Noronha no Recife.

Segundo o Governo, o recurso vai ser usado para a instalação de pontos de entrega voluntária (PEVs) de papel, plástico, vidro, metal e óleo de cozinha e oficina de compostagem, com distribuição de kits para os restaurantes e pousadas. Vão ser entregues também materiais educativos sobre a importância da coleta seletiva e destinação dos resíduos de forma adequada. Dados da Administração da Ilha indicam que Fernando de Noronha conta com uma população de cerca de 4.500 habitantes, gerando 10 toneladas de lixo por dia.