Share |
Anterior Próximo
07/03/2017

Garoto de 7 anos abre empresa de reciclagem e doa parte dos resíduos para causas sociais


Pensamento Verde

Nada mais esperançoso para o futuro do planeta que a reeducação de hábitos sustentáveis e o aprendizado de novas práticas para as próximas gerações. A reciclagem, por exemplo, é uma das grandes ferramentas para fazer com que esse processo aconteça, utilizando diversas técnicas para mudar a maneira como as pessoas se relacionam com os materiais.

Em uma pequena cidade chamada San Juan Capistrano, no estado da Califórnia, Estados Unidos, um garoto de apenas sete anos tem desenvolvido um hobby muito valioso e que já tem colhido grandes resultados. Trata-se da história do pequeno Ryan Hickman, que começou a coletar materiais da vizinhança e acabou abrindo o seu próprio centro de reciclagem.

De acordo com os pais, o interesse de Ryan em fazer a experiência se iniciou ainda quando ele tinha três anos de idade, quando seu pai o levou a um centro de reciclagem e o garoto se apaixonou pelas “aventuras” que encontrou no lugar. Daquela oportunidade em diante, pai e filho iniciaram a prática de fazer coletas de materiais, distribuindo sacos para recolher os primeiros resíduos de vizinhos e depois aumentando a produção.

Contando com a contribuição das pessoas da cidade, o sucesso das atividades foi tomando maiores proporções, até o dia em que acabaram fundando a “Ryan Recycling Company”. Hoje, o centro de reciclagem é responsável por já ter processado cerca de 49.000 quilos de lixo da região de Orange County, evitando que toneladas de materiais se transformassem em parte de um aterro sanitário, parassem no fundo do oceano ou até mesmo em esgoto da região.

Apesar de muito jovem, Ryan tem consciência da importância do processo e explica que as pessoas devem reciclar materiais não só pela recompensa financeira da atividade, mas que também a reciclagem ajuda o planeta e pode evitar que animais morram por comer resíduos descartados.

Até o momento, mais de 200.000 garrafas e latas passaram pela Ryan Recycling Company, o que significa dizer que milhões de dólares puderam ser economizados no processo de descarte correto de todo esse volume de material. Inclusive, Ryan tem contribuído com doações para uma faculdade e projetos de ação social.

O empenho do garoto tem se tornado notório pelas pessoas. Fato que ganhou ainda mais destaque quando Ryan foi oficializado como um dos Jovens Embaixadores para o Centro de Mamíferos Marinho do Pacífico.

Para saber mais sobre o projeto, acesse o site oficial da iniciativa.




Anterior Próximo