Share |
09/12/2013

Expocatadores 2013: Feira de Negócios quer preencher lacuna de R$ 8 bilhões na área de reciclagem no Brasil


JorNow

O setor de reciclagem movimentou no Brasil ano passado, R$ 12 bilhões. Mas esse número poderia ser bem maior. Segundo estimativas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o país deixa de movimentar, anualmente, R$ 8 bilhões por não aproveitar todo o potencial do setor. Isso representa uma ociosidade de cerca de 40%. Para discutir e fortalecer toda a cadeia produtiva de recicláveis de forma sustentável e inclusiva, o MNCR - Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis e a ANCAT- Associação Nacional de Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis realizam a Expocatadores. A feira é organizada pela EPS e pelo Insea e ocorrerá nos dias 18 a 20 de dezembro.

Esta é a quarta edição da Expocatadores, que pela primeira vez ocupará o Pavilhão de Exposições do Anhembi. “A mudança de local do evento do ExpoCenter Norte para o Anhembi mostra a consolidação e a força do encontro, que vem crescendo a cada ano. Em 2014, a Expocatadores já está confirmada e será realizada novamente no Anhembi”, ressalta Carlos Militelli, CO da EPS Eventos, organizadora do evento.

A Expocatadores é formada por Feira de Negócios e Seminário tendo como objetivo a troca de experiências, disseminação de conhecimentos e tecnologias para a gestão eficiente dos resíduos sólidos. A estimativa é que reúna um público de mais de 3 mil catadores dos 26 estados brasileiros, 14 países da América Latina e Caribe, Ásia, África e Europa. São esperados 4 mil visitantes diários, especialistas em gestão de resíduos sólidos do Brasil e da América Latina.

“A ideia é trazer os catadores para o mundo dos negócios, entender que nossa atividade é um negócio. Embora seja um negócio solidário, está dentro do mercado, inserido dentro de uma cadeia produtiva, com uso de tecnologia etc. Antes aconteciam muitas feiras de reciclagem, mas os catadores não chegavam até elas: chegavam principalmente técnicos de prefeitura e iniciativa privada, que levavam a tecnologia para os catadores. Aqui, não, a tecnologia está disponível aos catadores, para avaliarem se é boa, se não é, se ajuda ou não seu trabalho. Com a Expocatadores, os trabalhadores estão tendo a oportunidade de vivenciar um espaço de negócios.” Declarou Roberto Laureano, coordenador geral da Expocatadores 2013 e representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis.

A feira de negócios, organizada pela EPS Eventos, vai reunir uma gama de soluções, tecnologias e serviços disponíveis para reciclagem e tratamento de resíduos sólidos, além de empresas que pretendem abraçar a causa. “A feira de negócios cria oportunidade para empresas, catadores, cooperativas e associações formar parcerias e fechar projetos, além de gerar networking. No ano passado, as alianças firmadas geraram receita em torno de R$ 30 milhões. Este ano a expectativa é de que este valor duplique mais de 100%, em função do incentivo do governo e da proximidade do prazo para implementação da Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos”, comenta Militelli.

Na edição de 2012, a parte comercial da feira cresceu mais de 100% e se consolidou, tornando a ExpoCatadores um evento sustentável. Foram reunidos no local, 66 marcas em 60 estandes. Já estão confirmadas para este ano a presença de marcas como AmBev,Tetra Pak, Coca-Cola, Nestlé, Petrobras, Banco do Brasil, Fundação Banco do Brasil e Secretaria Nacional de Economia Solidária, Cempre, BNDES, Funasa, Fundação Avina/ Cotação, Caixa Econômica Federal, Itaipú Binacional, entre outros.

Cataforte - Ciente do grande desafio que é o manejo de resíduos sólidos e do importante papel da reciclagem, o Governo Federal vêm investindo no setor nos últimos anos. Com o objetivo de fortalecer economicamente a atividade dos catadores de materiais recicláveis e resolver o problema da destinação do lixo foi lançado, no final de julho, a terceira fase do projeto "Cataforte". São R$ 200 milhões para estruturar, qualificar e equipar as cooperativas de catadores, para que estas se tornem aptas a prestar serviços de coleta seletiva para prefeituras, participar no mercado de logística reversa e realizar conjuntamente a comercialização e o beneficiamento de produtos recicláveis.

Sobre a Expocatadores
A Expocatadores é um evento anual, formado por Congresso e Feira de Negócios. Trabalha a disseminação e tecnologias para a gestão eficiente dos resíduos sólidos através da inclusão social e melhores condições de trabalho para os profissionais catadores, Associações e Cooperativas. Feira com excelentes oportunidades para fomentar o ciclo de coleta seletiva entre Governo, Instituições, Indústria e Comunidade e com participação de representantes nacionais e internacionais. www.expocatadores.com.br