Share |
09/11/2012

Como a indústria recicla o papel?

Tetra Pak
planetasustentavel.abril.com.br

O material recolhido para a reciclagem precisa ser transformado em massa de fibra de celulose antes de entrar nas máquinas, mas, depois, os aparelhos e procedimentos são os mesmos.

Geralmente, o papel vendido como reciclado tem apenas parte de sua matéria-prima vinda do reaproveitamento. Isso porque, quanto maior a quantidade de papel reciclado, mais frágil será o produto final. Mas a indústria papeleira nacional já é 100% sustentável: todos os fabricantes usam madeira de reflorestamento.

Como um de seus pilares principais a Tetra Pak atua fortemente para facilitar a cadeia de coleta seletiva e reciclagem, uma vez que suas Embalagens Longa Vida (ELV) são 100% recicláveis.

O principal equipamento que promove a reciclagem das embalagens longa vida é o HIDRAPULPER, uma espécie de liquidificador gigante responsável pela separação do papel (como mostrado na figura da esquerda inferior e direita superior). Para que a separação do papel aconteça, as embalagens longa vida são processadas com água e agitação, por cerca de 30-40min. Não é necessário nenhum produto químico neste processo. Após esse tempo, as fibras hidratadas conseguem se livrar das camas de polietileno e alumínio, ficando em suspensão na água (a cor marrom da água é devido às fibras de papel, que são desta mesma coloração). No fundo do hidrapulper, existe uma espécie de placa perfurada (uma peneira), por onde as fibras de papel e a água conseguem transpassar, enquanto o polietileno/alumínio ficam retidos. O plástico/alumínio separado preserva o formato da caixinha, conforme pode-se observar na imagem da direita inferior.

Neste infográfico - Lavou, tá novo- veja como, em 2010, o papel reciclado salvou cerca de 46 milhões de árvores.