Share |
21/08/2013

Retorno à Amazônia: o que mudou na floresta em 25 anos


Planeta Sustentável

Chega a São Paulo a exposição itinerante Retorno à Amazônia, que fica em cartaz até 11/10. Inaugurada em 06/06, no Rio de Janeiro, em comemoração à Semana Mundial do Meio Ambiente, a mostra - realizada pela Editora Cultura Sub e a Ocean Futures Society - retrata o que mudou na floresta amazônica entre 1982 e 2007.

O comparativo é feito entre a primeira expedição feita na Amazônia por terra, água e ar foi feita, em 1982, por Jacques Cousteau - acompanhado de seu filho Jean-Michel Cousteau e uma equipe de 50 pessoas - e a feita vinte e cinco anos depois por seu herdeiro, que voltou à floresta com parte da equipe.

Com 30 telas ilustradas por imagens feitas pela fotógrafa Carrie Vondehaar e um painel informativo assinado por Jean-Michel Cousteau - também curador da exposição -, a mostra itinerante - que passará também por São Paulo, Manaus e Fortaleza - evidencia a beleza da região e chama a atenção para a importância da preservação do meio ambiente.

Além da exposição, a experiência e imagens serão retratadas no primeiro livro de arte fotográfica a prova d’água, até o final do ano, pela Editora Cultura Sub.

RETORNO À AMAZÔNIA
Rio de Janeiro
Data: 06/06 a 02/08, das 8h às 17h
Local: Jardim Botânico do Rio de Janeiro - Centro de Visitantes
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 - Rio de Janeiro/SP

São Paulo
Data: 05/08 a 11/10, de segunda a sexta, das 9h às 18h
Local: Espaço Cultural Bovespa
Endereço: Praça Antônio Prado, 48, Centro - São Paulo/SP

Manaus
Data: a partir de outubro
Local: Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Fortaleza
Data: a partir de fevereiro de 2014