Share |
09/03/2014

IPCC publica atualizações nos métodos para inventários nacionais de gases do efeito estufa

Tetra Pak
Instituto Carbono Brasil

O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) está divulgando dois novos relatórios que permitem aos países que fazem parte da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC) e do Protocolo de Quioto (PQ) estimarem e reportarem as suas emissões e remoções de gases do efeito estufa (GEEs).

Preparados pela Força Tarefa sobre Inventários Nacionais de Gases do Efeito Estufa (TFI), responsável pela avaliação e desenvolvimento de métodos e práticas cientificamente adequados e relevantes para os inventários de todos os países, os documentos trazem informações essenciais para as negociações internacionais.

O ‘Suplemento 2013 às Diretrizes de 2006 do IPCC para Inventários Nacionais de Gases do Efeito Estufa: Áreas úmidas’ amplia o conteúdo das diretrizes de 2006 ao acabar com deficiências e fornecer informações atualizadas que refletem os avanços científicos, incluindo fatores de emissão referente às áreas úmidas.

A publicação cobre solos orgânicos e áreas úmidas em solos minerais, ambientes costeiros (incluindo manguezais, gramas marinhas e marismas) e aquelas construídas para o tratamento de efluentes.

O ‘Métodos Suplementares Revisados e Guia de Boas Práticas Resultantes do Protocolo de Quioto 2013’ apresenta métodos e diretrizes adicionais para boas práticas na estimativa de emissões antropogênicas de GEEs ou remoções por sumidouros que resultam de atividades de uso da terra, mudança do uso da terra e florestas (LULUCF, em inglês) conforme o Artigo 3, parágrafo 3 e 4, do PQ para o segundo período de compromissos.

Ambos os relatórios foram inicialmente lançados em uma versão preliminar em outubro, e agora estão publicados online após passarem por edições.

Acesso à fonte: http://www.institutocarbonobrasil.org.br/noticias2/noticia=736520