Share |
05/09/2016

Dia da Amazônia reforça importância de se preservar a floresta


Akatu

Nesta segunda-feira, 5 de Setembro, é comemorado o Dia da Amazônia. A data foi instituída em homenagem à Província do Amazonas, criada por Dom Pedro II, em 1850. Atualmente, ela também serve para alertar a população sobre a importância de preservar a floresta.

Situada na região norte da América do Sul, a floresta amazônica possui uma extensão de aproximadamente 7 mil quilômetros quadrados, e se estende por nove países, mas a maior parte, 63% , está no Brasil. A região abriga 1/5 da água doce do mundo. O Rio Amazonas é o mais importante da Amazônia, o maior em extensão do mundo, e alimenta centenas de outros rios.

Nove estados compõem a região amazônica brasileira: Amazonas, Roraima, Pará, Acre, Amapá, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão. O clima na região é marcado por duas estações climáticas: o Inverno e o Verão.

O chamado Verão Amazônico começa em agosto e vai até dezembro, sendo os meses de setembro e outubro os mais quentes do ano, quando as temperaturas facilmente ultrapassam os 40 graus. Já o Inverno, conhecido pela maior ocorrência de chuvas, vai de janeiro a maio. Fevereiro e março são os mais chuvosos.

A floresta amazônica é rica em biodiversidade. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, a região é considerada a maior reserva de madeira tropical do mundo, com um rico estoque também de borracha, castanha, peixe e minérios.

A Amazônia também abriga uma imensa diversidade de animais, entre pássaros, onças, macacos, botos e tartarugas. O açaí, cupuaçu e o palmito são os produtos que tem a cara da Amazônia, além do Tacacá e Pato no Tucupi, que marcam a gastronomia local. Por fim, a capital mais populosa da região é Manaus, com mais de 2 milhões de habitantes.