Share |
Anterior Próximo
14/05/2018

Ciência Aberta debate mudanças climáticas globais


Agência FAPESP

Entre 1995 e 2015, ocorreram no mundo cerca de 6,5 mil desastres naturais relacionados com o clima, que custaram mais de 600 mil vidas e afetaram mais de 4 bilhões de pessoas. Os dados são do Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres. Em média, 205 milhões de pessoas foram afetadas por tais desastres a cada ano. O Brasil está entre os dez países com maior número de pessoas afetadas por desastres naturais relacionados ao clima.

Para discutir a importância, a influência e as causas das mudanças climáticas globais, Ciência Aberta reuniu alguns dos principais pesquisadores envolvidos no tema na segunda edição do programa, no dia 8 de maio de 2018.

O programa de TV Ciência Aberta é uma parceria da FAPESP com o jornal Folha de S.Paulo. Realizado mensalmente no auditório da FAPESP, o programa é exibido ao vivo pelo site da FAPESP, pela página da Agência FAPESP no Facebook e no YouTube e pelo site da TV Folha.

O programa sobre “Mudanças Climáticas Globais” teve como debatedores os pesquisadores Thelma Krug, Gilberto Câmara e Paulo Artaxo.

Krug é pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Graduou-se em Matemática pela Roosevelt University e fez mestrado em Probabilidade e Estatística pela Roosevelt University e doutorado em Estatística Espacial pela University of Sheffield. Foi diretora da Faculdade de Engenharia de São José dos Campos, chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto e da Coordenação Geral de Observação da Terra do Inpe.

Professor titular e chefe do Departamento de Física Aplicada do Instituto de Física da USP, Artaxo é membro da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG). Graduado em Física pela Universidade São Paulo (USP), com mestrado em Física Nuclear pela USP e doutorado em Física Atmosférica pela USP (1985). Trabalhou na Nasa (Estados Unidos), Universidade de Antuérpia (Bélgica), Universidade de Lund (Suécia) e Harvard University (Estados Unidos). É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, coordenador do Instituto do Milênio do Experimento LBA e membro do IPCC.

Câmara é pesquisador e ex-diretor do Inpe, copresidente do Belmont Forum e diretor do Secretariado do Group on Earth Observations (GEO). Membro do PFPMCG, lidera a equipe de pesquisa e desenvolvimento em Geoinformática e Modelagem Ambiental do Inpe, onde foi chefe da Divisão de Processamento de Imagens e coordenador-geral da área de Observação da Terra. Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Muenster (Alemanha) e é Cavaleiro da Ordem Nacional do Mérito da França.

Thelma Krug, Gilberto Câmara e Paulo Artaxo participam no dia 8 do segundo programa de TV feito pela FAPESP em parceria com a Folha de S.Paulo, com transmissão ao vivo (foto: Felipe Maeda / Agência FAPESP)
Thelma Krug, Gilberto Câmara e Paulo Artaxo participam no dia 8 do segundo programa de TV feito pela FAPESP em parceria com a Folha de S.Paulo, com transmissão ao vivo (foto: Felipe Maeda / Agência FAPESP)




Anterior Próximo