Share |
Anterior Próximo
24/01/2014

Dez coisas importantes para saber sobre a Plataforma Liderança Sustentável

Ricardo Voltolini
Ideia Sustentável

1- O que é a Plataforma Liderança Sustentável?
É um movimento que reúne as histórias de líderes empresariais com o objetivo de conectar, inspirar e educar jovens líderes para os valores da sustentabilidade. Compõe-se de um conjunto de ferramentas – livros, portal, videopalestras, eventos educativos, cursos e conteúdos de apoio à educação de líderes – que apoia empresas, associações classistas, escolas de negócio e universidades na gestão de conhecimento para a sustentabilidade.

2- Como nasceu a Plataforma Liderança Sustentável?
Em 2011, com o lançamento do livro Conversas com Líderes Sustentáveis (Editora Senac/SP). Observando que as histórias dos personagens do livro impactavam os ouvintes, e que um livro, por melhor que fosse, atingiria um público limitado, o autor, Ricardo Voltolini, convidou alguns dos presidentes retratados a compor um movimento com o propósito inicial de realizar encontros empresariais pelo país.

O livro foi consequência de pesquisa feita por Ideia Sustentável, em 2008, que apontou a liderança como a variável de sucesso mais importante para a inserção do conceito de sustentabilidade na gestão e na cultura dos negócios.

3- O que é líder sustentável?
Não é um conceito, mas um nome criado para designar um tipo de líder que lidera com valores e pela sustentabilidade. Esse perfil de liderança tem sido crescentemente mencionado em documentos internacionais, como os Princípios da Educação Empresarial Responsável e a Agenda 50+20, por organizações como o Pacto Global da ONU e o PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e em eventos internacionais relevantes, como o Fórum de Davos e a Rio+20.

Um líder sustentável é alguém que acredita e pratica, nos negócios, os valores que estruturam o conceito de sustentabilidade (ética, transparência, diversidade, respeito ao outro e respeito ao meio ambiente); que considera interdependentes as dimensões econômica, social e ambiental; que insere os grandes temas na estratégia central dos negócios; que tem coragem para tomar decisões difíceis e resiliência para defendê-las a despeito dos obstáculos e adversidades; e que educa e mobiliza pessoas em torno do tema.

4- Como são escolhidos os cases?
Primeiro, são ouvidos entre 70 e 80 especialistas em sustentabilidade (acadêmicos, consultores, formadores de opinião) para elaborar uma lista inicial de indicações. Os líderes e empresas mais indicados são, posteriormente, estudados pela equipe de Ideia Sustentável (mediante análise de relatórios e entrevistas) para verificar se – e o quanto – estão adequados ao tema do ano. Só então, depois desse procedimento, são convidados a participar.

Em 2011, o tema foi o estado da arte da liderança sustentável. Em 2012, como as empresas estão educando os seus líderes para a sustentabilidade. Em 2013, como a estão inserindo na estratégia. Em 2014 e 2015, serão, respectivamente, inovação e comunicação. Integram a Plataforma, além dos dez presidentes retratados na reportagem anterior, outros 20 líderes, entre os quais, Fábio Barbosa (Grupo Abril), Franklin Feder (Alcoa), Paulo Nigro (Tetra Pak), José Luciano Penido (Fibria) e Héctor Núñez (Ri Happy), que fizeram parte do primeiro livro, Conversas com Líderes Sustentáveis; e ainda: Alessandro Carlucci (Natura), Andrea Alvares (PepsiCo), Britaldo Soares (AES Brasil), Carlos Fadigas (Braskem), João Carlos Brega (Whirlpool), Marise Barroso (Masisa) e Rodrigo Kede (IBM), entre outros, personagens do segundo livro, Escolas de Líderes Sustentáveis (Editora Elsevier).

5- O que é storytelling?
Storytelling é a base metodológica da Plataforma Liderança Sustentável. Usa-se a narrativa empresarial como meio para inspirar e educar pessoas. Em vez de business cases, o que se faz é estruturar narrativas que mostram como pensam, agem, tomam decisões e em que valores acreditam líderes sustentáveis.

Essas narrativas, que combinam fatos empresariais e pessoais, estabelecem proximidade, proporcionam maior identificação, humanizam o discurso da sustentabilidade e, assim, ajudam a fazer a gestão do conhecimento para a mudança.

6- A Plataforma Liderança Sustentável é só para CEOs de empresas?
Não. Embora relate histórias de presidentes de companhias, a Plataforma se destina a todo profissional que exerce algum tipo de liderança. O líder não está sentado apenas na cadeira de presidente. Pode estar nos diferentes escalões de uma corporação. Pode estar à frente de um departamento, de uma pequena empresa, de um empreendimento ou de algum processo.

7- A Plataforma Liderança Sustentável funciona como um prêmio ou um selo de sustentabilidade?
Não, ela não é um prêmio muito menos um selo. É uma iniciativa de gestão de conhecimento que visa tão somente mostrar como as empresas e os seus líderes estão enfrentando os dilemas da inserção da sustentabilidade nos negócios. Não é o seu propósito técnico conferir notas e avaliações a empresas, converter líderes em gurus, idolatrar pessoas e marcas, atestar idoneidade ética de quem quer que seja ou ainda oferecer qualquer tipo de aval de que uma companhia é mais ou menos sustentável. Também não se propõe a julgar, por princípio, empresas e pessoas.

8- Com que recursos são mantidas as atividades da Plataforma Liderança Sustentável?
Com receita advinda do patrocínio de empresas apoiadoras que se identificam, institucional e ideologicamente, com a missão da Plataforma de inspirar e educar jovens líderes para a sustentabilidade. Os recursos destinam-se ao pagamento dos profissionais envolvidos na execução das atividades, pesquisa e produção de conhecimento, criação de vídeos inspiracionais/educacionais, organização de eventos (nacional e regionais) e manutenção do portal.

9- As empresas apoiadoras podem ser case da Plataforma?
Sim. Mas o apoio não é uma condição para integrar o conjunto de cases. O processo de seleção – já mencionado – obedece a critérios técnicos. E desse princípio Ideia Sustentável não abre mão, sob pena de comprometer a qualidade das ideias e legitimidade das ações. Há empresas que integram o movimento e não o apoiam financeiramente.

Para apoiá-lo, a empresa precisa se comprometer com os seis princípios da Plataforma Liderança Sustentável (veja em http://www.ideiasustentavel.com.br/lideres/category/apoiadores/). Ideia Sustentável se reserva o direito de não aceitar o apoio de empresas fabricantes de cigarros, de armas e envolvidas em negócios controversos, cujos impactos socioambientais sejam contestados pela maioria da sociedade.

10- Como as pessoas podem participar da Plataforma?
De diferentes formas. A começar pela mais básica de todas: disseminando as videopalestras e os demais conteúdos em suas redes e círculos sociais. A difusão das ideias da Plataforma é uma maneira de ampliar a abrangência do impacto de sua mensagem. Uma segunda forma consiste em participar presencialmente de algum encontro regional (feito em parceria com os SESIs e as federações de indústria estaduais).

Nesses encontros, além de um painel com a presença de líderes da Plataforma, há sempre um workshop sobre como inserir a sustentabilidade nos negócios. Se você é um professor que ensina sustentabilidade, pode utilizar os conteúdos como material de apoio em sala de aula, integrando ou não a Rede de Educadores da Plataforma.

Se você trabalha numa empresa, pode reproduzir os conteúdos nos programas de suas universidades corporativas e em situações como comitês de sustentabilidade, palestras, workshops de treinamento. No portal, há um espaço aberto para líderes interessados em relatar como utilizam os conteúdos da Plataforma.




Anterior Próximo