Share |
14/07/2011

Você conhece o FICA ?


Folha do Meio Ambiente - http://www.folhadomeio.com.br e Página do FICA www.fica.art.br

Foi realizado de 14 a 19 de junho o 13º FICA, Festival Internacional de Cinema e vídeo Ambiental, que exibiu e premiou obras audiovisuais de temática ambiental, promovendo reflexões sobre o meio ambiente e criando ações de formação e capacitação na área audiovisual.

Trinta obras foram selecionadas entre produções nacionais e estrangeiras (Argentina, República Tcheca, Itália, Bélgica, Suíça, Armênia, Holanda, China, França, Chile, EUA e Inglaterra). Entre eles: Lixo Extraordinário, de Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley; No Meio do Rio Entre as Árvores, de Jorge Bodanzky; o Grande Processo do Amianto Itália/Bélgica/Suíça), de Niccoló Bruna e Andrea Brandstraller.

O FICA teve metas de consumo de energia, redução de material gráfico e de geração de resíduos, treinamento dos prestadores de serviço e exigência de adequação dos geradores a serem utilizados.

Segundo Emiliano Godói, somente no quesito gasto de papel, a redução foi de 20%. Tal economia é buscada por meio de mudanças de procedimentos internos nos escritórios do festival na Cidade de Goiás e em Goiânia. O uso massivo de divulgação via internet é um dos principais fatores utilizados, assim como a reutilização de material restante de edições anteriores do FICA.

Os premiados este ano foram:

1- Troféu Cora Coralina para a melhor obra;

Bicicletas de Nhanderu, de Ariel Ortega e Patrícia Ferreira, PE

2- Troféu Carmo Bernardes para o melhor longa;

Os Guerreiros do Arco-iris da Ilha de Waiheke, de Suzanne Raes, produção holandesa

3- Troféu Jesco Von Puttkamer para a melhor média;

O Desejo da Vila de Changhu, de Xia Chenan, produção chinesa.

4- Troféu Acari Passos para o melhor curta;

Pólis, de Marcos Pimentel, de Minas Gerais.

5- Troféu José Petrillo;

TamanduAbandeira, de Ricardo Podestá.

6- Troféu João Bennio;

Teia do Cerrado, de Uliana Duarte.

7- Troféu Bernardo Élis para a melhor Série Ambiental para TV;

Consciente Coletivo, de Lúcia Araújo e Pedro Iuá.

8- Premio Luiz Gonzaga Soares júri Popular;

Lixo Extraordinário, João Jardim, Karen Harley e Lucy Walker.

Fica a dica para procurar e assistir estes vídeos. E aguardar a próxima edição no ano que vem. Mais informações em http://www.fica.art.br