Share |
27/09/2012

Veja infográfico com quadrinhos para se ler dos 4 aos 18 anos

Tetra Pak
educarparacrescer.abril.com.br

As histórias em quadrinhos, pelas suas peculiaridades, colaboram na alfabetização, pelo fato de, dirigir indicações que remontam a significados, mesmo sem o conhecimento da palavra escrita.Pela maneira como é demonstrado o ocorrido no quadrinho é permitido identificar o sentido e, se alguma palavra foi destacada, ela fica registrada, provavelmente, na mente da criança.

As onomatopéias servem para diagnosticar sons e, também, permitem o conhecimento das letras do alfabeto. É mais simples ler um som do que uma palavra no início da alfabetização.

É possível "ler" uma história em quadrinhos através das marcas de sons, pela apresentação dos balões, etc. Por exemplo, se o balão possui uma seqüência de bolinhas na direção do personagem, este está apenas pensando. A criação de histórinhas é algo que estimula a criatividade, além de ser um trabalho muito prazeroso.

No site do Educar para Crescer, você pode conferir uma coleção de história em quadrinhos de todos os gêneros para jovens dos 4 aos 18 anos.