Share |
14/12/2012

Nutricionistas avaliam hábitos alimentares de cerca de mil estudantes

Tetra Pak
Folha de S. Paulo

Melhorar os hábitos alimentares de crianças e adolescentes. Esse é o objetivo do programa Meu Pratinho Saudável nas Escolas, lançado nesta terça (11) pelas secretarias de saúde e de educação do Estado de São Paulo.

Das 7h às 17h30, nutricionistas do Instituto do Coração e do Hospital das Clínicas da FMUSP -- idealizadores do programa-- vão fazer avaliação nutricional de cerca de mil alunos da Escola Estadual Província de Nagasaki, na zona norte.

Além de passar pela avaliação, os estudantes podem participar de atividade em que o objetivo é montar um prato com alimentos feitos de resina. Os nutricionistas explicam em seguida as propriedades de cada alimento e como balancear cada refeição, para que se torne mais saudável.

As merendeiras responsáveis pelas cozinha da escola também vão receber orientações.

O programa Meu Pratinho Saudável aconselha que metade do prato da criança contenha verduras e legumes (crus e cozidos).

A outra metade deve ter 1/4 de alimentos ricos em proteínas (como carne vermelha, frango, peixe, ovos) e leguminosas (como o feijão, grão de bico, soja, lentilha) e mais 1/4 com carboidratos, de preferência em sua forma integral (como arroz, massas, batatas, mandioca, mandioquinha, farinhas).

A iniciativa é parte de uma campanha maior, intitulada Meu Prato Saudável, que busca orientar também adultos.