Share |
15/01/2013

MEC divulga cursos com nota insatisfatória no CPC (Conceito Preliminar de Curso)

Tetra Pak
Folha de S. Paulo

O MEC divulgou nesta terça-feira uma nova lista de cursos superiores que tiveram nota insatisfatória no CPC (Conceito Preliminar de Curso) em 2011. Ao todo, 38 cursos de 21 instituições de ensino estão entre as mal avaliadas, entre eles história e geografia da PUC-SP e arquitetura e urbanismo do Mackenzie.

De acordo com o ministério, a lista publicada hoje no "Diário Oficial da União" complementa uma outra que havia sido divulgada em dezembro do ano passado. Esses cursos não estavam na primeira listagem porque ainda passavam por processo de análise, que foi concluído agora.

Em uma escala até 5, os conceitos 1 e 2 são considerados insatisfatórios. No caso dos cursos listados, essa é a primeira vez que eles apresentaram nota ruim e, com isso, deverão assinar um protocolo de compromisso com o MEC, indicando as melhorias adotadas, e não poderão aumentar o número de vagas ofertadas. A medida é considerada uma punição leve se comparada aos cursos que tiveram vestibular suspenso no final de 2012.

O CPC avalia o rendimento dos alunos, a infraestrutura e o corpo docente. Na nota do CPC, o desempenho dos estudantes conta 55% do total, enquanto a infraestrutura representa 15% e o corpo docente, 30%. Na nota dos docentes, a quantidade de mestres pesa em 15% do total; a dedicação integral, 7,5% e o número de doutores, também 7,5%.

Além dos cursos do Mackenzie e da PUC-SP, estão na lista também cursos de outras três PUCs --Campinas, Goiás e Minas-- e dos institutos federais de ciência e tecnologia de Roraima, Ceará, Pará, do Sertão Pernambucano e Fluminense. Também estão na lista quatro cursos do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, no Rio.

No ano passado, o MEC já havia divulgado que 207 cursos que tiveram avaliação ruim em 2011 já tinham tido o mesmo tipo de avaliação no ano de 2008. Com isso, as instituições de ensino também tiveram o vestibular para 2013 suspenso.

Confira a lista com os cursos com avaliação insatisfatória aqui.