Share |
01/05/2013

Flipoços 2013: imortalidade na literatura


Flipoços

As imagens e páginas de sucesso do Flipoços 2012 ainda estão quentes na memória de quem presenciou, participou e pôde desfrutar da grande festa literária do Sul de Minas, com as presenças ilustres de grandes nomes das letras nacionais como Luiz Fernando Veríssimo, Zuenir Ventura, Ferreira Gullar, entre outros. E para a edição 2013, já em curso de organização – os convidados e personalidades – não menos ilustres – trarão ainda mais brilho e requinte ao evento, cada vez mais nacional e especial.

A 8ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas, de 27 de abril a 5 de maio de 2013 (no Espaço Cultural da Urca) - mantendo o ecletismo de temas e palestras, aspecto central por trás da projeção de interesse crescente por parte de veículos de imprensa e público diverso – trará novamente o rol de assuntos associados aos ciclos literários, às mesas-redondas e demais temas alternativos, com destaque para o tema da importância do livro de papel (e aqui entra a menção à imortalidade, e à ABL) em contra-ponto ao advento moderno do livro digital, bastante em voga nesses tempos de informação instantânea, redes sociais e inclusão digital.

O tema desta edição é "A Imortalidade na Literatura - O Legado dos nossos escritores imortais". Está confirmada a participação de nomes como Nélida Piñon, Ariano Suassuna, João Ubaldo Ribeiro, Sérgio Paulo Rouanet, Eric Nepomuceno, o peruano Pedro Granados, o português Luis Miguel Rocha, o argentino Manuel Angel Cerda e o mexicano Juan Pablo Villalobos. Vale também adiantar alguns detalhes já definidos para a edição do ano que vem do Flipoços como o país homenageado (França), o estado (Rio de Janeiro), o escritor estrangeiro homenageado (o franco-argelino Albert Camus) – cujos 100 anos de nascimento serão celebrados em 2013; e o escritor brasileiro homenageado (Vinícius de Moraes e os 100 Anos de nascimento do eterno poeta e compositor da Bossa Nova).

A julgar pelo sucesso estrondoso do Flipoços 2012 – de público e crítica – evento que recebeu um público total 25% maior que o da edição de 2011 (cerca de 60 mil visitantes durante os nove dias de evento), e que contou com a visitação de milhares de estudantes de idades variadas (vindos inclusive em comboios provenientes de várias cidades da região) - o Flipoços 2013 (e a Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas) prometem muita emoção e deleite cultural, e a edição de mais uma página célebre na história do evento cultural que vem sendo considerado por muitos como o mais importante da agenda anual poçoscaldense; cuja produção e concretização – vale frisar – contou com recursos da Lei Rouanet por parte de incentivadores e empresas como: Grupo DME; Cerâmica Togni; Refrescos Ipiranga; Votorantim Metais e patrocínio direto da Petrobras, parceira master do evento e que tem acreditado na força da cultura como vetor de transformação social.