Share |
14/10/2015

Ciclo de Entrevistas - Rosani Molina


Cultura Ambiental nas Escolas

Dando continuidade ao Ciclo de Entrevistas do Portal Cultura Ambiental, conversamos com Rosani Molina.

Rosani Molina é professora de Matemática e Ciências, pós-graduada em Gestão de Políticas Públicas. É diretora da Escola Estadual Deputado Augusto do Amaral há 12 anos, escola que é beneficiada por um dos projetos desenvolvidos pela Tetra Pak – o Coleta Seletiva nas Escolas. O projeto, que é desenvolvido em parceria com o Instituto Reinventar, visa implantar um sistema de coleta seletiva na própria escola, transformando o pensamento de alunos e educadores ao redor da geração de seus próprios resíduos. A escola, já reconhecida por sua limpeza, não apresenta um lixo sequer jogado no chão após os intervalos, o que já é uma vitória para Rosani. “Através do projeto oferecido pela Tetra Pak, os alunos estão aprendendo como separar os resíduos da maneira correta. A Escola é o melhor lugar para iniciar essa conscientização.”

Segundo Rosani, “Eu me considero uma idealista. Devemos fazer alguma coisa pelo mundo e a educação é a ferramenta para que possamos transformar a sociedade e propagar bons valores. Tudo o que fazemos aqui (no Amaral) está focado em oferecer oportunidades de crescimento para o aluno, deixando um mundo melhor, uma vida melhor e um ambiente melhor para essa geração.”

Confira o que Rosani compartilhou conosco:

Qual a importância do educador na sociedade?

“O educador é a elite cultural desse país e sua importância é primordial. Temos em nossas mãos, preciosidades que precisam ser lapidadas. Nascemos para ser o espelho do aluno e eles tiram como experiência as nossas ações. Se você é um bom profissional, influenciamos o aluno e levamos o aluno para onde ele quiser. Eu mesma me inspirei no meu professor para me tornar professora de Matemática.”

Qual a importância de tratar a temática ambiental em sala de aula?

"Através da sala de aula saem as propostas para um mundo melhor. Trabalhando-se com o meio ambiente, o aluno toma consciência no colégio e acaba multiplicando suas ações, o que é refletido em sua casa e na sua vida. No Amaral Cultural (Feira Cultural organizada no nosso Colégio), os alunos incorporaram a temática da água e crise hídrica, observando-se uma mudança de postura."

Qual dica você pode dar para futuros educadores?

"Acredito que os educadores devem ter empatia e aprender a se colocar no lugar do outro, no lugar do aluno, do pai. Deve ter informação e lembrar que você vai influenciar muitas pessoas, trazendo para essa geração o mesmo que você desejaria que seu filho, sobrinho ou neto vivesse. Dessa forma, podemos contribuir para um futuro melhor."

Confira amanhã, a próxima entrevista de nosso ciclo!