Share |
29/01/2015

Trilha das Bromélias, em Cambará do Sul, traz a educação ambiental na prática


Pensamento Verde

Além dos cânions exuberantes, Cambará do Sul também poderia ser conhecida como a cidade das nascentes. Um passeio de cerca de uma hora em uma floresta de araucárias, ainda abundantes na região, dá a dimensão de como os diversos cursos de água límpida, que abastecem propriedades no município, despertam nos visitantes a urgência e a importância de sua preservação.

É a Trilha das Bromélias, criada pelo empresário José Antônio Brugnera. Ele aproveitou a área próxima ao seu hotel para oferecer uma experiência em que o visitante aprende sobre a história, a geografia e a geologia dos Campos de Cima da Serra e tem a oportunidade de plantar uma araucária e beber água direto de uma nascente. O bônus é entender por que isso pode ser uma chance cada vez mais rara e o que é necessário para preservar o simples hábito de se hidratar com um copo d'água.

Brugnera recebe grupos para a trilha diariamente, independentemente do número de pessoas. Para quem não é hóspede, o passeio sai às 8h30min do Cambará Eco Hotel e custa R$ 25, com direito a café da manhã no hotel (às 8h). É preciso agendar pelo telefone (54) 3251-170