Share |
26/06/2013

Veja como tornar sua pesquisa na internet mais eficaz


UOL Educação

Apesar de acostumados com o universo virtual, muitos estudantes ainda possuem dificuldades para fazer pesquisas escolares na internet. O grande problema é que nem sempre o material encontrado contém informações reais para o trabalho final, como é o caso da famosa enciclopédia virtual livre Wikipédia, famosa por possibilitar que qualquer pessoa edite seu conteúdo.

"Ela é a fonte que os alunos mais tentam usar, mas a prática deve ser evitada", aconselha Jacó Izidro de Moura, professor de física do ensino médio do Colégio Oswald de Andrade. Segundo ele, os alunos devem utilizá-la apenas como fonte de consulta primária e não como único meio de pesquisa.

Carolina Gil, psicopedagoga e coordenadora da sala de informática do mesmo colégio, relembra que a Wikipédia pode ser bastante útil na busca pelo conteúdo, mas é preciso olhar as informações que aparecem com cuidado. "O importante é ver quais são as referências, se há outros links indicados e ir atrás dessas fontes", explica.

A coordenadora lembra também que muitos acabam confundindo a função do Google, um dos meios mais utilizados para pesquisas. "É importante destacar para os alunos, principalmente para os menores, que o Google não é fonte e sim um buscador. Por isso, os oriento", ressalta.

Outras opções de pesquisa muito utilizada pelos estudantes são os blogs e, para Moura, seu uso não é desaconselhado, porém é outro ponto de atenção.

"O aluno deve olhar de quem é o blog, procurar se o autor é da área, se é especialista daquele determinado tema", aconselha Moura. "Uma dica é enviar um e-mail para o autor e entrevistá-lo sobre o assunto. Outra ação é buscar a referência que o autor apresentou em seu texto."

"A internet é mais uma boa ferramenta de auxílio ao estudante. Ela não veio para solucionar os problemas, mas é sempre uma coisa a mais. Ela veio para somar aos livros", conclui o professor.