Share |
23/10/2018

Projeto leva educação ambiental e coleta seletiva à escola municipal

Senac São Paulo
http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?tab=00002&newsID=a24983.htm&subTab=00000&uf=&local=&testeira=2092&l=&template=&unit=

Aprender brincando tem um significado especial e gera um engajamento maior das crianças. Foi com jogos e brincadeiras que uma turma do Técnico em Meio Ambiente do Senac Jabaquara mobilizou os alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Neusa Maria Rossi.

O desafio surgiu a partir da parceria com integrantes do programa Ecoeficiência do Senac e teve como proposta apresentar conceitos básicos de sustentabilidade e gerenciamento de resíduos aos funcionários e alunos da escola utilizando ferramentas de educação ambiental.

Para começar, em maio, a turma visitou a Emei para realizar um diagnóstico com entrevistas, observação e registro fotográfico da realidade do local. Depois, tabulou as informações, definiu estratégias e desenvolveu o planejamento da ação aplicando os conhecimentos adquiridos no curso.

Então, voltaram à Emei e realizaram uma atividade lúdica dividida em estações. A programação contou com bate-papo com as crianças sobre resíduos sólidos, mostrando como identificar esses materiais e a importância da reciclagem.

Com tintas e tampas de garrafa, os pequenos ajudaram a turma a decorar o tanque de areia da escola.

Já a Estação do Brincar convidou as crianças para se divertirem com brinquedos confeccionados pelos alunos do Senac com materiais recicláveis. Tinha bilboquê, jogo da memória, carrinhos e brinquedo vai e vem. As peças foram feitas com apoio dos integrantes do programa Ecoeficiência e, depois, doadas para a Emei.

Outra atração da atividade foi o jogo dos recicláveis e não recicláveis, um painel de feltro com imagens de colar para identificação dos tipos de resíduos.

Aline Cristina do Nascimento, aluna do curso técnico diz que se surpreendeu com o desempenho e curiosidades das crianças: "Alguns tinham uma noção sobre resíduos e sabiam como podem reutiliza-los. Foi muito gratificante. Aprendi na prática como se faz uma sensibilização ambiental com crianças”.

Coleta seletiva Além da atividade, a turma ainda deixou outras contribuições para a escola municipal. Organizaram os espaços e coletores para a realização de coleta seletiva e gerenciamento de resíduos da Emei. Por meio de parceiros, também foram adquiridas ecobags (sacolas ecológicas) para a disponibilização dos materiais recicláveis gerados no local.

Os alunos articularam a venda dos resíduos coletados para um profissional que atua com material reciclável no bairro e combinou com a escola que o valor recebido será destinado para compra de bolo para comemorar os aniversariantes do mês.

Outras duas parcerias foram feitas pela turma. Com a equipe da biblioteca do Senac Jabaquara conseguiram a doação de livros para a biblioteca da Emei e, com a ONG Oito Elementos, negociaram a coleta de óleo de cozinha usado na escola que será revertida na doação de sabão.

Para que todo esse trabalho seja mantido, os alunos do curso técnico também realizaram um bate-papo com os funcionários da escola municipal para falar sobre a importância do gerenciamento de resíduos e elaboraram folders para entregar aos pais e/ou responsáveis pelas crianças abordando o consumo consciente e a prática dos 3 R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

“A atividade realizada na Emei foi bastante enriquecedora. Com a participação dos docentes foi possível mediar as ideias dos alunos e trabalhar educação ambiental e gerenciamento de resíduos proporcionando a prática dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, além de integra-los às ações do programa Ecoeficiência e à comunidade", afirma Talita Maria de Oliveira, docente e representante do programa.