Share |
31/07/2012

Londres se destaca por construções recicláveis e reutilização de materiais

Tetra Pak
http://www.oswaldocruz.br/conteudo_ler.asp?id_conteudo=28344

Londres, a sede das Olimpíadas de 2012, é uma lição não só para o Brasil, mas para qualquer país que pretende sediar um evento deste porte.

A organização quer que os jogos de 2012 sejam “os mais verdes” de todos, com foco em gerenciamento de energia, pouco desperdício e impacto mínimo na biodiversidade. O Centro de Energia do evento tem design sustentável e flexível; utiliza tecnologias de biomassa que reduzem a emissão de gás carbônico.

O comitê organizador tem seis parceiros de sustentabilidade, um deles desenvolveu uma rede que maximiza a reutilização de materiais, minimizando o desperdício. Por exemplo, cabos de cobre e fibra instalados para os jogos serão reutilizados nas casas que serão construídas após as competições.

Um exemplo claro é o projeto do velódromo. Projetado pelo escritório inglês Hopkins Architects, o estádio recebe as provas de ciclismo indoor, sendo considerado um dos espaços mais sustentáveis do evento. Construído com aço moldado e revestido com madeira sustentável, a estrutura do velódromo possui pequenas aberturas, que facilitam a ventilação natural. Já no telhado, clarabóias posicionadas estrategicamente diminuem o uso de iluminação artificial, além dos sistemas de aquecimento e ventilação, desenvolvidos para atender diversas exigências ambientais.

Outra e, certamente, a maior ambição inglesa para as Olimpíadas é a criação do Parque Olímpico Rainha Elizabeth, que antes mesmo do início da sua construção passou por um processo de testes no solo, para detectar possíveis contaminações a serem extintas. Alguns dos objetivos são expandir a área e transformá–lo no maior parque da Grã–Bretanha, criar 15 km de ciclovias, calçadas e redes viárias.

Tendo por base o contexto dos Jogos Olímpicos – 2012, dois professores de Educação Física da Escola Oswaldo Cruz levantaram propostas de trabalho para os alunos do Ensino Médio. Estão vinculadas ao eixo temático do projeto pedagógico – 2012 que comemora o Ano Internacional da Energia Sustentável Para todos e das Cooperativas. São elas:

– Relacionar a importância da atividade física às questões ambientais.

– Valorizar a conscientização ambiental.

– Ampliar a compreensão da relação do esporte e sustentabilidade.

– Conhecer novos meios de reciclar e reutilizar materiais usados em áreas e praças esportivas.

– Evitar a degradação ambiental em locais onde ocorrem as práticas esportivas.

– Conhecer novas formas de armazenamento de energia produzida a partir da atividade física.

– Valorizar e seguir exemplos apresentados para as Olimpíadas de Londres – 2012 visando o bom senso e a sustentabilidade.

Para saber mais sobre essa iniciativa de alinhar a discussão das Olimpíadas com práticas ambientais em ensino, acesse o site da instituição aqui