Share |
Anterior Próximo
02/04/2018

7 maus hábitos na reciclagem


Separe. Não pare.

Separar os materiais recicláveis e destiná-los para reciclagem é essencial, mas ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto. Sete maus hábitos comuns estão listados abaixo e revelam que o segredo é sempre estar bem informado.

1. Jogar embalagem cheia de comida no reciclável: quando a embalagem chega sem resíduos de comida aos centros de triagem, o trabalho de separação por tipo de material fica mais rápido e limpo.

2. Tirar o anel da latinha: o anel também pode ser reciclado junto com a latinha de alumínio. Quando ele está solto, acaba se perdendo no caminho e não chega ao local de reciclagem.

3. Jogar as embalagens de banheiro no lixinho de papel higiênico: o rolo interno do papel higiênico, a embalagem do sabonete, o pote de xampu, tudo isso acaba indo parar no lixinho do banheiro, junto com o papel higiênico. Para garantir que eles sejam reciclados, separe em algum lugar do banheiro para levar à lixeira de recicláveis da sua casa.

4. Lavar as embalagens com bucha e sabão: as embalagens precisam ir para o lixo reciclável sem restos de comida. Mas não é preciso lavar, gastando água desnecessariamente. Quando for preciso, basta usar um fio de água ou reaproveitar a água da pia na lavagem da louça.

5. Deixar o isopor fora do lixo reciclável: pouca gente sabe, mas o isopor é, sim, reciclável, e pode até mesmo virar matéria-prima para a fabricação de interruptores e rodapés, por exemplo. Jogue no lixo reciclável sem medo.

6. Não proteger as rebarbas das latas: o material que você joga no lixo reciclável vai para os centros de triagem, onde pessoas fazem a separação de acordo com o material. Colabore para evitar acidentes, protegendo embalagens que possam provocar cortes.

7. Jogar comprimidos no vaso sanitário: quando o remédio venceu, pode parecer uma boa ideia despejar no vaso sanitário, para que outras pessoas não consumam. Mas isso faz com que eles acabem nas estações de tratamento, e o processo de descontaminação da água não consegue eliminar completamente os resíduos químicos da medicação. Leve seus medicamentos aos postos de coleta das farmácias ou postos de saúde.




Anterior Próximo