Share |
Anterior Próximo
O documentário Silvestre não é PET- lançado na Semana Mundial dos Animais entre 04/10 e 10/10 - foi divulgado em 17 Estados brasileiros durante todo o mês de outubro. O objetivo é conscientizar as pessoas a respeito do sofrimento dos animais silvestres que são mantidos em cativeiro como animais de estimação. Pesquisas já comprovaram que esses animais são seres sencientes, ou seja, capazes de experimentar sensações de prazer, dor, medo e sofrimento. 'Muitas pessoas não fazem idéia sobre os problemas que um animal silvestre pode sofrer se não estiver inserido em seu ambiente natural, seja adquirido pelo tráfico seja de criadores comerciais. Por exemplo, é impossível proporcionar bem-estar a um passarinho em uma gaiola. As aves, em geral, são animais que vivem em bandos e voam quilômetros todos os dias', alerta a Gerente de Campanhas da WSPA Brasil, Ingrid Eder. A produção chama a atenção para as doenças psicológicas e físicas sofridas pelos animais que são condenados a viverem em cativeiro. O vídeo está sendo exibido em universidades, escolas, comunidades e eventos promovidos pelas ONGs afiliadas à WSPA. A produção conta com depoimentos de cientistas, professores, fiscais do IBAMA, Polícia Federal, e de ONGs que acolhem os animais em seus santuários, e é uma realização da SOZED-SP - Sociedade Zoófila Educativa de São Paulo, com o patrocínio da WSPA Brasil.



Anterior Próximo