Share |
Anterior Próximo

Plástico

Os plásticos, em sua maioria, são produzidos a partir do petróleo. Embora o petróleo seja um recurso natural não-renovável, apenas 4% do petróleo consumido no Brasil é utilizado para produção de plástico.

Os produtos extraídos do petróleo para fabricar materiais plásticos são transformados em resinas plásticas. Estas resinas podem ter sua composição química modificada e dar origem a diferentes tipos de plástico. Por isso alguns plásticos são mais transparentes que outros ou derretem mais facilmente. Os materiais plásticos usados para fazer embalagens são chamados de termoplásticos, que amolecem quando aquecidos, podendo ser transformados em novos produtos.

Os restos de plásticos, quando enterrados, não se decompõem. Embora hoje já existam plásticos biodegradáveis, eles são empregados apenas em alguns casos, como materiais cirúrgicos ou na agricultura.

Os materiais plásticos coletados pela Coleta Seletiva são levados para a Central de Triagem. Lá, os diferentes tipos de plásticos são separados e enviados para as fábricas de reciclagem onde são novamente derretidos para a fabricação de novos produtos.

Menos Poluição

As embalagens plásticas podem ser enviadas para a reciclagem térmica, que consiste na incineração do material com recuperação de energia.

Em países frios usa-se o calor produzido pelo incinerador para gerar eletricidade ou aquecer as casas. A queima do plástico, quando realizada em incineradores adequados, produz menos fumaça e poluição atmosférica que a queima do carvão e do óleo combustível.




Anterior Próximo